quarta-feira, 2 de julho de 2008

Alerta: homens heterossexuais estão escassos


























Este é um recadinho para as garotas que ainda querem um namorado.

Passando pela linha verde e azul do metrô pude perceber a imensidão de homens gays que cresce a cada dia. São gays histéricos, gays reprimidos, tímidos, com bolsa, sem bolsa, com brilho no cabelo, com camiseta agarrada, com voz fina, com voz grossa... Enfim, gays de todas as espécies e vertentes. Para quem gosta não há com o que se preocupar, a cada 20 cidadãos com aparência masculina, mais ou menos 12 destes gostam mesmo é de.... deixa pra lá. A cada 10 passos eu via pelo menos uns 8 desses. Sem contar as garotas lésbicas, que passeiam pela Avenida Paulista de mãos dadas com suas respectivas parcerias sem problema algum. Aliás, porque se vê muito mais meninas assumindo essas relações em público do que os meninos? Resposta simples. Felizmente elas sofrem menos preconceitos do que um casal de homens se quiser fazer a mesma coisa. Mesmo existindo pontos de encontro específicos, onde gays, lésbicas, transsexuais e simpatizantes convivem em harmonia, os garotos ainda são os mais afetados pela homofobia.

Nada contra, aliás, muito a favor. A maioria do meu círculo social é gay; e que saber mais? São as melhores companhias. Eles sabem levantar a nossa baixo estima na TPM, dar palpite no nosso visual e ainda discutir sobre relacionamentos. Coisa que muitos homens nem ligam.

Neste ponto não tem do que se queixar. Mas o que ocorre ultimamente é um pouco duvidoso. Homens heterossexuais estão pendendo para uma vida gay, o que preocupa um pouco as mulheres solteiras. Se estiver de olho em um bombadão de cabelo arrepiado, que não cruze as pernas e nem fale fino, infelizmente vá com calma. Não é porque ele dá pinta de macho que demonstra que ele gosta de mulher. E nem precisa ter esse esteriótipo, homens de todos os estilos podem ser (e são) gays.

Sem querer desanimar mas já desanimando, 54,58% das uniões conjugais são entre homossexuais masculinos, isso em cidades com até 170 mil habitantes. Sim, São Paulo participa e, em peso.

Talvez exista uma solução imediata para amenizar por um tempo a carência das meninas.

Começem a descobrir outras alternativas de relacionamentos beijando uma garota, sei lá. Quem sabe você desperte seu lado gay e se sinta mais feliz. Ou ainda, caçe garotos no orkut, na balada no barzinho antes que eles sejam tentados por essas gracinhas. Porque quando isso acontece, não adianta acreditar na história de que ele é bi que não rola. Por isso, corra já e garanta o seu.

Amapoa

4 comentários:

Leila disse...

Oiii
Bom...� verdade.. mas eu to de boa..afinal, j� sou comprometida! huahuahuaha..
Bjus

Adriana disse...

Ind....
ta ainda bem q achei meu amor muito heterossexual hauhaa
beijo

Anônimo disse...

eu nao tenho nada contra homosexuais acho ate melho q todos virem gay q ai sobra maaaaaiiis mulheereees hahauhuahuhua

Anônimo disse...

Meu amor,cuidado!Vc está andando muito com gays!Daqui a pouco vaia creditar na frase patética deles de que o mundo é gay.E não é mesmo.Já andei muito com eles.O mundo é pequeno e se aglomeram onde tem glamour p cahamar atenção,pq a maioria é mal resolvido e anda em bando.Saí de perto deles que usam mulheres belas para atrair homens.E vc deve estar sendo usada e nem percebe.
Qdo me afastei,descobri que há um mundo maravilhosamente hetero e que os homens estão cada vez mais homens.
Se liga,observe o comportamento dos teu amigos gays...só falam em homem e futilidades e cansa...seja feliz ..se afaste ...eles te ouvem pra aprender e não pra e ajudar,pq por trás te criticam com certeza.
Ainda tenho alguns,mas prefiro estar em ambientes heteros...são mais reais e menos imbecilizados.